A lei Arouca e o direito dos animais

O Senado da república aprovou em 10/09/2008, por unanimidade, a lei Arouca, o projeto que regulamenta o uso de animais em experimentos científicos. A proposta, que tramitava no Congresso desde 1995, (eles, os senadores, até que foram rápidos) vai agora à sanção presidencial.

A aprovação é uma vitória para os cientistas.

O resumo da ópera é: a medida acaba com leis municipais que tentam proibir a pesquisa com animais. Uma lei desse tipo já vigora em Florianópolis. Projeto para proibir o uso de animais em pesquisa no Rio de Janeiro foi vetado pelo prefeito Cesar Maia.

De acordo com a lei, o Ministério de Ciência e Tecnologia será responsável por licenciar instituições e fiscalizar o uso das normas estabelecidas. Será criado também o Concea (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal) e a Ceua (Comissão de Ética no Uso de Animais).

Ambos terão entre seus membros representantes de sociedades protetoras dos animais. Os órgãos deverão auxiliar na fiscalização do cumprimento das normas relativas à utilização humanitária de cobaias. Segundo os cientistas, isso acaba com a noção de que eles sacrificam animais por crueldade.

Fica aqui um mote para discussão, a saber, devemos, podemos, fazer uso de animais como cobaias objetivando o melhor para a vida humana?

Antes de formar juízo de valor recomendo assistirem ao filme, O planeta dos macacos. Neste filme, para quem não sabe, coloca os homens em condição social inversa aos macacos.  http://www.imdb.com/title/tt0133152/

Não deixe de assistir, se tiver estômago forte, Earthlings, este documentário mostra a indústria de alimentos e como os animais são tratados para serem usados com propósitos comerciais. http://www.imdb.com/title/tt0358456/

Depois venha comentar.

About these ads
Explore posts in the same categories: Ciências, Filosofia

Tags: , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

10 Comentários em “A lei Arouca e o direito dos animais”


  1. [...] ENCONTRO DE BIÓLOGOS NO RJ ANDA NA CONTRAMÃO DA ÉTICA Durante a 25ª reunião da Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE 2010) que ocorreu na semana passada, a abertura do evento foi feita com uma defesa do uso de animais em pesquisas científicas. Foi exibido o vídeo da campanha do Ministério de Ciência e Tecnologia enquanto Marcelo Morales, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comentou o projeto. Marcelo é membro do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), que apesar da descrição, efetivamente trabalha para promover a tortura de animais em laboratórios. Ele disse que é preciso “conscientizar a população brasileira sobre o uso de cobaias”. Uma das informações mais alarmantes que veio do encontro foi que a campanha incluirá cartilhas a serem distribuídas entre estudantes de escolas públicas e uso de teatro para defender e justificar a utilização de animais nas experimentações. O que esses biólogos e jovens cientistas parecem não entender é que existem alternativas éticas para uma pesquisa compassiva que não vê em outros seres vivos meros modelos de experimentação e que, com esse comportamento retrógrado, estão também violando os direitos animais. O projeto de infiltrar escolas públicas com propaganda pró-vivissecção é algo sinistro, pernicioso, típico de uma suposta ciência estagnada no tempo, e que vai na contramão da ética científica que se arraiga mundo afora graças à pressão da sociedade civil. (fonte: http://loboreporter.blogspot.com/2010/09/encontro-de-biologos-no-rj-anda-na.html) Como este é um assunto controverso, inclusive envolvendo o parecer favorável do Deputado Fernando Gabeira, um “verde”, votando A FAVOR de se usar animais vivos para experimentos científicos, deixo aqui aberta a discussão. Lendo o parecer dele, eu, particularmente, percebi que ele estava entre a cruz e a espada, o sistema político tem dessas coisas, as pessoas vivem encurraladas entre interesses diversos, muitas vezes frontalmente contrários à plataforma política ou às convicções pessoais, tudo oscila perigosamente, conforme o dia e a hora, são os chamados casuísmos, em que, de acordo com o caso, a opinião varia e pode chocar o cidadão comum, que acredita nas promessas de campanha. Como sou apolítico, gostaria de ouvir a opinião de muitas pessoas. Aproveitem e visitem estes links, pode ajudar a formar sua opinião: Ministério da Ciência e Tecnologia, com a íntegra do texto da lei Arouca, 11794 de 08/10/08: http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/308551.html http://philosofia.wordpress.com/2008/09/11/lei_arouca/ [...]

  2. julie Says:

    Precisamos nos reunir para barrar esta lei. é um absurdo!

  3. mayra Says:

    Quem acha que um animal pode ser sacrificado em nome da ciencia,deveria um dia se oferecer para um experimento ou alguém muito querido da famila, quem diz que os animais não tem o mesmo direito de viver e não sofrer? Se fosse assim eles nem existiriam,aí daquele que mata um animal para o fim de conseguir progresso cientifico esqueceu para que fim Deus o colocou no mundo

  4. Claudia Says:

    Vcs gostariam q os estudos científicos q contribuem para desenvolver medicamentos, descobrir mecanismos de doenças, fossem realizados em vcs? Quem trabalha com pesquisa e utiliza animais, segue critérios rígidos de manipulação dos mesmos e não lhes inflinge crueldade. Quem conhece bons centros de pesquisa e segue preceitos éticos não fala tanta bobagem.

    • Roxane Costa Says:

      Incrível como podem pensar assim em pleno século XXI… E eu me sinto uma cobaia sim! Considerando que não me intitulo um coelho pra usar cosméticos usados no pelo desses pobres animais…porquê não permitir, ainda que por dinheiro, que pessoas sejam utilizadas como cobaias ?? qual é o problema?? E sobre alimentos geneticamente modificados?? Ahh, não venha me dizer lindinha que a ciência já têm estudos garantidos sobre o tema…me poupa….não sou tão burra, e nem aceito argumentos como os que vc colocou ” Vcs gostariam que os estudos científicos (…) fossem realizados em vcs ?” Sim, principalmente nos próprios cientistas, que têm tanta certeza e empenho em provar que o que eles estão testando tem fundamento, porque não testar neles mesmos primeiro?? Justo não??


      • Concordo!
        E conhecendo o gênero humano, dizer que seguem critérios rígidos e preceitos de ética.. ORA!! Se não se aplica um mínimo de ética e critérios nem na fila do SUS.. Vem me dizer que tratam os animais com compaixão. Me engana que eu gosto .

  5. Andréa Pierosi Says:

    Em nome da ciências se destrói o planeta!
    Metabolismos são diferente dependendo da especie sou leiga, e sei que se eu der o mesmo remédio que tomo para minha gata ela morre simples assim, com tanto avanço na tecnologia não existe um sistema alternativo?
    Meus caros em nome da ciências se libera o sadismo.
    Câncer, Aids, e muitos outros sabemos que rende muito para as industria farmacêutica, não é testando em pobres animais que vai se achar a cura

    A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados.
    Mahatma Gandhi

  6. fernandolz Says:

    Claudia, descullpe, mas vc foi muito ingenua em seu comentario.

  7. Sályma Freitas Says:

    Uma lei antiga como essa deve ser revogada imediatamente. Com o avanço tecnológico, não se pode mais justificar o uso de animais em experimentos, seja para a indústria de cosméticos, produtos de limpeza ou medicamentos. A ciência precisa avançar sem precisar sacrificar, explorar e assassinar seres indefesos. Assim como os animais humanos, os animais não humanos também têm o direito à vida em liberdade e segurança! Digam NÃO AO ESPECISMO! Digam NÃO AOS TESTES EM ANIMAIS! ANIMAIS NÃO SÃO COBAIAS! ABOLIÇÃO ANIMAL JÁ!

  8. sandra Says:

    São desumano covarde estude outra forma de testes.fazer um sofrimento desse c o animal indefeso q da amor e carinho ao ser humano é covardia e ja foi mais q provado q não funciona como deveria p mim nunca mais nunca vou aprovar essa miséria


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: